"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (417791 votos)..........91.23% das questões objetivas receberam votos.
É a causa mais comum de insuficiência cardíaca em crianças sem defeito cardíaco estrutural:
A. intoxicação medicamentosa
B. choque
C. cardiomiopata
D. bloqueio atrioventricular total (BAVT) neo-natal
E. taquicardia supraventricular

  RATING: 3

É a causa mais comum de insuficiência cardíaca em crianças sem defeito cardíaco estrutural:

A. intoxicação medicamentosa
INCORRETO: veja a resposta da alternativa C
B. choque
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C
C. cardiomiopata
CORRETO : Questão de saber ou não saber. Cardiomiopatia é a causa mais comum de insuficiência cardíaca em crianças sem defeito cardíaco estrutural. A incidência de cardiomiopatia em crianças nos EUA é de 1,13 casos/100.000; de acordo com o tipo, 51% corresponde a miocardiopatia dilatada, 42% de miocardiopatia hipertrófica, 3% restritiva e outros tipos de miocardiopatia, e 4% inespecífica.
D. bloqueio atrioventricular total (BAVT) neo-natal
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C
E. taquicardia supraventricular
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C

Gabarito:  C

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3)
DISCURSIVA: (91373 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
Em relação ao câncer de esôfago responda as questões abaixo de maneira completa, explicando detalhadamente o que se pede:
1) Qual a melhor proposta cirúrgica para um tumor estadio II A? - 0,3 pontos
2) Qual a principal indicação da prótese endoscópica no tumor avançado - 0,2 pontos?

RATING: 3.01

Em relação ao câncer de esôfago responda as questões abaixo de maneira completa, explicando detalhadamente o que se pede:
1) Qual a melhor proposta cirúrgica para um tumor estadio II A? - 0,3 pontos
2) Qual a principal indicação da prótese endoscópica no tumor avançado - 0,2 pontos?

1) Qual a melhor proposta cirúrgica para um tumor estadio II A?
- A esofagectomia transtorácica ainda e a preferida pela maioria dos cirurgiões porque permite uma completa ressecção da massa tumoral e tecido adjacente assim como uma dissecção perfeita dos gânglios linfáticos, permitindo um estadiamento completo do tumor. (0,1 p)
- Laparotomia seguida de toracotomia direta é reservada para aqueles casos do terço inferior do esôfago. (0,1 p)
- Esofagectomia até o esôfago cervical, incisão acrescida no pescoço (terceira incisão) para conseguir a anastomose para tumores localizados na porção média ou alta do esôfago. (0,1 p)
DISCUSSÃO:
O câncer no estádio II A invade a muscular própria e ate a adventícia, sem entretanto apresentar metástase para linfonodos ou metástase a distância.
Os cirurgiões concordam que neste estádio, devido a possibilidade de cura ser grande com a realização de uma resseção chamada RO (retirada macroscópica e microscópica do tumor). Em qualquer caso esta indicado um procedimento de drenagem gástrica (piloroplastia).

2) Qual a principal indicação da prótese endoscópica no tumor avançado?
O uso da prótese é restrita aos pacientes considerados irressecáveis. (0,2 p)
DISCUSSÃO: O objetivo é fazer uma ponte para ultrapassar a obstrução do esôfago, permitindo uma permeabilidade da luz para trânsito de saliva e alimentos.
Apesar da melhora da deglutição com o uso da prótese, a ingestão deve ser restrita a alimentos compatíveis com a passagem através da prótese e, portanto, a paliação não é ideal. Entretanto é de indicação precisa nas fístula esofagobrônquicas, pois permite a sua oclusão, evitando com isto a penetração continuada de alimentos e saliva na árvore respiratória com tosse freqüente e infecção de repetição.
Esta contra indicada sua colocação em tumores cervicais, pois a este nível interfere na deglutição, e a colocação em tumores da transição esofagogástrica deve ser restringida em virtude de refluxo gastroesofágico importante.

FONTE:
TRATADO DE SABISTON

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.01)

CASO CLINICO: (96518 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Criança de 11 anos de idade com antecedentes de Anemia Falciforme, após passar férias na região da Zona da Mata em Minas Gerais, apresentou-se no serviço de Emergência Infantil queixando-se de febre, dor torácica, mialgia (sobretudo em membros inferiores), cefaleia e vômitos com início há 2 dia de forma súbita e progressiva. Relatam ter chegado de viagem a 1 dia e foi medicado pela mãe de forma empírica com paracetamol na dose de 1 gota por kilo de peso. Como não houve melhora dos sintomas, os pais decidiram em levar a criança ao Pronto Socorro Infantil. Na consulta, apresentou taquicardia, taquipneia, leve desconforto respiratório, mialgia e febre 38,7° C e o laboratório indicou neutropenia (680/mm3), além de confirmar-se os demais sintomas já mencionados anteriormente. Radiografia de tórax com presença de infiltrado peri-hilar bilateral e condensação no ápice esquerdo.

1) Qual é o diagnóstico? 0,0625 pontos
2) Quais são as primeiras medidas que devem ser tomadas ainda no PS? 0,25 pontos
3) Comenta as características particulares da patologia desse caso, relacionadas á anemia falciforme.0,1875 pontos


RATING: 2.98

1) Qual é o diagnóstico?
Choque séptico (0,03125 p) causado por síndrome torácica aguda (0,03125 p).
2) Quais são as primeiras medidas que devem ser tomadas ainda no PS?

  1. hidratação venosa com solução salina a 0,9% (0,03125 p) na dose de 10 ml/kg (0,03125 p)
  2. administração endovenosa de ceftriaxona na dose de 100 mg/kg (0,03125 p)
  3. coleta de exames laboratoriais com hemocultura (0,03125 p)
  4. solicitado vaga na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) (0,03125 p)
  5. oxigenioterapia (0,03125 p)
  6. analgesia (0,03125 p)
  7. antitermico (0,03125 p)
3) Comenta as caracteristicas particulares da patologia desse caso, relacionadas á anemia falciforme.
A STA, a segunda maior causa de hospitalização na doença falciforme (0,03125 p), é acompanhada de sintomas que variam em intensidade de um indivíduo para o outro:
  • febre (0,03125 p)
  • dor tipo pleurítico (0,03125 p)
  • hipoxemia (0,03125 p)
É importante salientar que todo paciente que chegue à emergência com clínica de dor, principalmente em região torácica, seja monitorado com raios X seriados e oximetria de pulso. (0,03125 p) Em vigência de saturação de O2 abaixo de 95%, a oxigenação por máscara deve ser implementada. (0,03125 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.98)

 

1389 USUARIOS INSCRITOS

276 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

725 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7846 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1858 DE CLINICA, 3570 DE PEDIATRIA, 1303 DE CIRURGIA, 234 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 630 DE SAUDE PUBLICA
118 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.