"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (417787 votos)..........91.23% das questões objetivas receberam votos.
A classificação do choque pela etiologia é a seguinte:
A. por perda de sangue, por perda interna de liquidos, por perda externa de liquidos
B. septico, anafilatico e neurologico
C. traumatico, não-traumatico e toxico
D. mecanico, quimico e termico
E. cardiogênico, hipovolemico e distributivo

  RATING: 2.92

A classificação do choque pela etiologia é a seguinte:

A. por perda de sangue, por perda interna de liquidos, por perda externa de liquidos
INCORRETO: essa é a classificação do choque hipovolêmico
B. septico, anafilatico e neurologico
INCORRETO : esta é a classificação do choque distributivo
C. traumatico, não-traumatico e toxico
INCORRETO : não existe uma tal classificação
D. mecanico, quimico e termico
INCORRETO : não existe um tal classificação
E. cardiogênico, hipovolemico e distributivo
CORRETO : essa é realmente a classificação correta dos choques. O choque cardiogenico pode ter como causa a dificuldade do enchimento ou de esvaziamento cardiaco, o choque hipovolemico pode ser causado pela perda de liquidos ou sangue, o choque distributivo inclui o choque anafilatico, neurogenico e septico

Gabarito:  E

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.92)
DISCURSIVA: (91373 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
Responda ás seguintes questões:
A) Para completar o ciclo de infecção e reprodução em uma célula: HIV passa pelas varias etapas. Indiquem estas etapas em ordem cronológica. (0,3 p)

B) Definem a noção de janela  imunológica, a duração dela e a importância nos testes de triagem dos doadores. (0,2 p)


RATING: 1.46

Responda ás seguintes questões:
A) Para completar o ciclo de infecção e reprodução em uma célula: HIV passa pelas varias etapas. Indiquem estas etapas em ordem cronológica. (0,3 p)

B) Definem a noção de janela  imunológica, a duração dela e a importância nos testes de triagem dos doadores. (0,2 p)

A) As etapas da infecção com HIV:
-Fusão com a superfície da célula e entrada no citoplasma. (0,05 p)
-Produção do DNA proviral a partir do RNA viral. (0,05 p)
-Integração no genoma da célula. (0,05 p)
-Produção de proteínas virais. (0,05 p)
-Saída da célula por brotamento. (0,05 p)
-Maturação extracelular do vírion. (0,05 p)

B) É importante lembrar a possibilidade de transmissão do HIV por parte de doador de sangue recém-infectado em que anticorpos séricos específicos anti-HIV ainda não são detectáveis. Esse período é conhecido como janela imunológica e tem duração média de 22 dias, considerando-se os resultados obtidos com os testes sorológicos atualmente em uso.
Várias situações podem aumentar o período de duração da denominada janela imunológica.
Sendo assim, é de vital importância para diminuir a transmissão do HIV por transfusão de sangue e de seus componentes a criteriosa avaliação de risco epidemiológico dos doadores, lá existem testes de amplificação de ácidos nucléicos que detectam a presença do HIV mais precocemente (cerca de 11 dias depois da ocorrência da infecção) que os testes sorológicos.
Esses exames têm hoje custo muito alto, mas já foram adotados por alguns países desenvolvidos e por poucos serviços privados do Brasil, havendo a expectativa de que passem a ser realizados brevemente pelos serviços públicos do nosso país.(0,2 p)

FONTE:
http://www.misodor.com/SIDA.php

AVALIE ESSA QUESTÃO: (1.46)

CASO CLINICO: (96518 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Uma senhora de 66 anos, hipertensa e diabética, refere palpitações e cansaço aos esforços há cerca de 3 meses. Há quase um ano vem em uso de clortalidona 25 mg/dia + lisinopril 5 mg/dia + glibenclamida 10 mg/dia, mantendo um controle adequado da pressão arterial e das glicemias (sic). Ao exame, PA = 138 x 86 mmHg, FC = 154 bpm, eupnêica, corada, hidratada, anictérica, ritmo cardíaco irregular, em 2 tempos, com sopro sistólico em ponta +2/+6 , murmúrio vesicular universalmente audível, sem ruídos adventícios, abdome e membros inferiores sem alterações dignas de nota. Exame neurológico normal. Fundoscopia: retinopatia hipertensiva grau II. Radiografia de tórax: calcificação da aorta ascendente, área cardíaca normal. Eletrocardiograma (Foto). Ecocardiograma-Doppler: hipertrofia ventricular esquerda leve, átrio esquerdo medindo 4,5 cm, fração de ejeção estimada em 65%, Doppler mitral com sinais de déficit de relaxamento, calcificação anular mitro-aórtica com regurgitação mitral leve.

a) Qual é o diagnóstico eletrocardiográfico principal? (0,05 pontos)
b) Como deverá ficar a receita da paciente neste momento? (0,05 pontos)
c) Caso você optasse por reverter esse quadro. Quais seriam os passos subseqüentes? (0,2 pontos)
d) Se esta paciente apresentasse dor anginosa ou congestão pulmonar no momento desse ECG, qual seria a sua conduta? (0,2 pontos)


RATING: 2.88

a) Qual é o diagnóstico eletrocardiográfico principal?
Fibrilação atrial. (0,05 p)
b) Como deverá ficar a receita da paciente neste momento?
Diltiazem (ou beta-bloqueador ou verapamil) + clortalidona + glibenclamida + warfarina.(0,05 p)
c) Caso você optasse por reverter esse quadro, quais seriam os passos subseqüentes?
CONTROLE DE RITMO: reverter a fibrilação atrial, respeitando o protocolo de anticoagulação pré e pós-reversão. Pré-reversão: cumarínico por 3 semanas ou heparina por 12h (se eco-transesofágico não demonstrar trombo). Pós-reversão: cumarínico por 4 semanas. Manter antiarrítmico profilático (amiodarona em baixa dose) e a terapia antitrombótica crônica (cumarínico, pois esta paciente é de grupo de risco).(0,2 p)
d) Se esta paciente apresentasse dor anginosa ou congestão pulmonar no momento desse ECG, qual seria a sua conduta?
Cardioversão elétrica emergencial. Heparina em bolus, Choque com 100-200 J, anticoagulação pós-reversão (4 semanas de warfarin) e Terapia Antitrombótica Crônica com warfarin (pois a paciente é de grupo de risco).(0,2 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.88)

 

1389 USUARIOS INSCRITOS

276 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

725 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7846 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1858 DE CLINICA, 3570 DE PEDIATRIA, 1303 DE CIRURGIA, 234 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 630 DE SAUDE PUBLICA
118 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.